LogoBlackW3.png

PLATAFORMA LOGÍSTICA DO LUBANGO

Huíla | Angola

 

ESTUDO PRÉVIO E PROJETO DE EXECUÇÃO

Considerando a configuração do terreno e a proximidade à linha de caminho-de-ferro, foram traçados três eixos rodoviários que definem a implantação dos edifícios.

O primeiro eixo atravessa o terreno na direção norte-sul, unindo duas picadas existentes. Considerando que se trata do acesso principal entre a cidade de Lubango e a cidade de Menongue, esta será a via mais transitada.

 

O segundo eixo surge aproximadamente do centro do primeiro eixo e tem um traçado este-oeste na direção da linha de caminho-de-ferro. É um acesso mais condicionado, visto tratar-se de uma zona interior à plataforma, onde se localizam os parques de contentores e os armazéns.

O terceiro eixo tem um carácter mais secundário apesar de ser público, visto tratar-se de uma ligação entre picadas, a norte do terreno, na direção este-oeste.


Na rotunda de ligação entre o primeiro e o segundo eixo, encontra-se o Centro de Negócios onde se localizam os serviços que apoiarão as atividades da Plataforma, entre eles a Alfândega, o Hotel e o Centro de Formação e Conferências.

Com um acesso condicionado ao interior do segundo eixo, surgem os armazéns e os parques de contentores. Estes espaços estão vedados ao público, existindo um controlo na entrada e saída.

No terceiro eixo, mais afastado dos restantes surge os ser- viços de apoio ao camionista. Esta localização mais limítrofe à Plataforma deve-se à necessidade de espaço que os utentes deste espaço precisam.